AGENDA INFORMAÇÕES

>

"Passou o vento quando havia vento" de Ana Frois - Terminal B
16/03/2019, sábado - 12/04/2019, sexta feira
Mercado Municipal 1.º de Maio, Barreiro O ponto de partida para este trabalho foi construção de um herbário da Mata da Machada, no Barreiro. Lentamente, o trabalho foi-se afastando desse lugar específico e tomou um caracter mais geral. Manteve-se apenas a vontade de trabalhar sobre a natureza.
O título “Passou o vento quando havia vento” é retirado do poema “Antes de nós nos mesmos arvoredos” de Ricardo Reis, heterónimo de Fernando Pessoa.
Na janela juntam-se então a esta citação, cinco troncos de árvore e um espelho que corta o espaço da janela em diagonal. A frase, “Passou o vento quando havia vento”, juntamente com os troncos de árvore remetem para a natureza e a passagem do tempo. Quanto ao espelho colocado na janela, reflecte uma imagem que existe, mas que é simultaneamente irreal. Impossível de fixar. Ana Frois, Coimbra. Licenciatura em Arquitectura pelo DARQ/FCTUC (1998). Pós- Graduação em "Estudos Avançados em Arquitectura, Território e Memória” pelo pelo DARQ/FCTUC (2005).
Colaborou, entre outros, com Pedro Brigida Arquitectos e com o Gabinete de Estudos e Projectos da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, coordenado pelo Arquitecto Miguel Figueira. Em Montemor-o-Velho, trabalhou no projecto e na obra do Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho.
Desde 2013, e depois de mais de uma década a trabalhar em arquitectura, tem desenvolvido trabalho no campo do desenho. No seu trabalho estão presentes os temas da casa, do registo passagem do tempo e da natureza transformada.
> Encontrar Ana Frois > Encontrar o evento